segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

E o prêmio vai para...

A TV Cidade foi a vencedora do primeiro lugar no prêmio Setransp de Jornalismo com a série especial sobre transporte público urbano de Aracaju. A série Fala Cidade mostrou os problemas enfrentados por quem depende dos ônibus e também os caminhos que o setor deve seguir para a solução dos entraves. A reportagem foi da jornalista Clécia Carla. A foto é de Maria Odília

Resultado Geral

Mídia Eletrônica - Reportagem televisiva

3° lugar: “Série Transporte Coletivo” - TV Sergipe – Sayonara Hygia

2° lugar: “Motoristas Superação” - TV Canção Nova – Rosalvo Nogueira

1° lugar: “Fala Cidade – Gratuidade no transporte público” - TV Cidade – Clécia Carla

Mídia Eletrônica - Rádio-reportagem

3° lugar: “Gratuidade – liberdade de ir e vir e suas restrições” - Rádio Cultura – Ceiça Dias

2° lugar: “Acessibilidade – barreiras vencidas e outras a superar” - Rádio Cultura – Ceiça Dias

1° lugar: “Domingão no buzão” - 930 AM – Gabriel Damásio

Mídia Eletrônica - Site-jornalístico

3° lugar: “Transporte coletivo e o desafio da acessibilidade” – Infonet – Glauco Vinícius

2° lugar: “Excesso de gratuidade eleva valor da tarifa” - Jornal da Cidade.net – Cícero Mendes

1° lugar: “Falta bom senso no transporte coletivo” - Emsergipe.com – Fredson Navarro

Mídia Impressa – Reportagem

3° lugar: “Transporte público de Aracaju evoluiu em quase seis décadas” - Jornal da Cidade – Hádam Lima

2° lugar: “Trânsito de Aracaju não tem fluidez” - Jornal da Cidade – Célia Silva

1° lugar: “Ônibus: a beira do caos, primeira opção do povo, clama por subsídio” - Gazeta News – Susy Guimarães

Mídia Impressa - Fotografia

3° lugar: “Transporte coletivo: uma necessidade que atravessa gerações” – Alejandro Zambrana - Jornal da Cidade

2° lugar: “Praia lotada” – Jorge Henrique - Jornal da Cidade

1° lugar: “Aconchego” – Tarcísio Dantas - Jornal da Cidade


domingo, 6 de dezembro de 2009

Pesquisa que vale ouro!


Minha cara amiga Valéria Freire me manda uma dica mais do que preciosa: o Guia 2010 da Internet. O projeto é do governo do estado de São Paulo, por meio do Centro Paula Souza. A meta é intensificar a utilização de novas metodologias de aprendizado. São quase 700 endereços que vão das bibliotecas aos curso de mestrado no exterior, passando pela febre do twitter. Ferramenta muito boa para quem quer uma busca mais qualificada. O guia está disponível do endereço: www.centropaulasouza.sp.gov.br


quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

S demaissssssssssssssss!!!!

Dias desses, numa reportagem de um portal sobre venda de fantasia para uma festa, o repórter escreveu simplesmente 7 vezes a palavra assessórios no lugar de acessórios. A grafia diferente chamou logo a atenção, mas não foi corrigida. Eu sei que todo mundo entendeu a mensagem, mas cabe um pouquinho mais de atenção por parte de quem escreve profissionalmente. E como sempre falo, a palavra escrita fica, parece diferente logo de cara e faz um barulho enorme. Se fosse na televisão, só os editores saberiam, já que foneticamente é tudo igual!